Bomba de Insulina – SIC: o inicio da minha história!!!!

Bom pessoal,

continuando o meu penúltimo post em que falava das opções de tratamento da DIABETES TIPO 1 citei em uma das opções a BOMBA DE INSULINA, conhecida também como SIC (sistema de infusão contínua).

No meu caso em particular, eu sempre tentei controlar a diabetes…mas nunca consegui chegar a resultados satisfatórios.

Hoje, eu posso dizer que as coisas que acontecem na nossa vida SÃO PARA NÓS MELHORARMOS A NÓS MESMOS!!!

Vocês devem estar se perguntando, porque eu não começo logo falando da bomba de insulina não é?!

Vou explicar o que me levou a TESTAR A BOMBA DE INSULINA… um assunto que pensei 1000 vezes se eu iria postar aqui ou não, mas decidi POSTAR.

Para quem não me conhece, em janeiro de 2011 recebi a grande noticia de estar grávida! Foi uma FELICIDADE contagiante! A minha família estava passando por uma fase bastante difícil, pois meu pai havia sido diagnosticado em 2010 com câncer de próstata em estado avançado e em 2011 ele já estava bastante debilitado em cima de uma cama, sendo monitorados por enfermeiros e medicos 24horas. Então a notícia da minha GRAVIDEZ foi uma válvula de escape para todos nós, familiares, amigos, parentes e etc.

Eu e Márcio, meu marido, não sabíamos onde colocar tanta alegria! No meio a tanta euforia, papai do céu achou que meu pai não precisava mais sofrer tanto e o levou no dia 26.02.2011. Quase um mês depois dele saber que iria ser avô novamente! Ele me dizia que queria uma menina… e assim o desejo dele foi realizado…descobrimos que estava grávida de uma linda menina! Passei a gestação inteira sendo acompanha por obstetra e endocrinologista. Fiz todos os exames a cada semana da gestação, até exames mais profundos para ver o coração da nossa MARIA EDUARDA . Minha glicemias de inicio estavam boas, porém em alguns momentos descompensava e subia…., mas sempre a corrigia tentando a chegar valores próximos aos padrões.

Consegui ter uma gestação tranquila, dentro do possível, e cheguei até a 36semana com “Duda” dentro do peso ideal. Sendo assim, como tudo estava bem…minha obstetra marcou o parto para o dia 05.09.2011 para não termos surpresas. Porém, no dia 03.09.2011 comecei a sentir muitas dores…liguei para médica e fui direto para o hospital…chegando lá aguardei uns 20minutos e já estava no quarto. A enfermeira veio para escutar o coraçãozinho da nossa menina e não conseguíamos ouvir..trocamos de aparelho, de enfermeira e nada….passados uns 30min a minha medica chegou e me encaminhou para sala de cirurgia URGENTE! Para nossa tristeza, a nossa pequena DUDA não havia resistido. Foi uma tristeza que não consigo mensurar. Estar com TUDO PRONTO para receber uma menininha tão desejada e de repente…. Não se ouve choro de bebê..somente de adultos, amigos e familiares…mas hoje, após 8 meses sinto a presença dela a todo instante e tenho a certeza ela é o nosso anjinho que nos guarda, nos ilumina e nos protege!

Diante da situação a minha médica solicitou uma biopsia da PLACENTA para investigar a causa e lá estava ela…TROMBOSE PLACENTÁRIA que pode ser causada por: Hipertensão ou DIABETES MELITTUS…

Meu mundo veio ao chão….se existe fundo de poço….eu o conheci! Perder meu pai e a minha tão desejada filha…o que mais poderia acontecer? Ai vieram, é claro, milhões de perguntas, milhões de incertezas, milhões de dúvidas sobre TUDO!!!! Mas, lembrando sempre os conselhos da minha antiga terapeuta e de livros e de reuniões sobre religiões, vida, conduta…TUDO…me perguntava PARA QUE TUDO ISSO??? Não posso deixar de registrar que o apoio da minha familia, amigos, parentes, colegas…nos fez nos reerguer e unir forças para buscar as soluções!!! Não podia desistir….jamais! Isso meus pais me ensinaram sempre, principalmente minha mãe Ana…uma guerreira!

BUSCAR AS SOLUÇÕES…em meio a toda essa turbulência, ouvi uma frase de uma musica cantada por Vanessa da Mata que me deu um ânimo… “….PIOR QUE NÃO CONSEGUIR, É DESISTIR DE TENTAR…” então lá fui eu em buscar de SOLUÇÕES.

Resolvi repaginar a minha vida, procurei uma endocrinologista mais presente, que pudesse me atender no celular, que me explicasse TUDO sobre diabetes….mas tudo mesmo e foi ai que  minha obstetra, Dra. Jussara Gomes me indicou Dra. Damaris Lopes e lá ela me recebeu com um coração de mãe! Dai mudei de insulina…mas não conseguia ainda manter os niveis nos padrões que é menor que 7,0%.  Com isso ela me sugeriu experimentar a bomba de insulina, fazer um teste durante 30 dias para ver se eu adapto à essa nova terapia. E lá fui eu atrás dos dois fabricantes mas conhecidos de bomba de insulina ROCHE e MEDITRONIC.

BEIJOS,

Laiara 🙂

Anúncios

13 pensamentos sobre “Bomba de Insulina – SIC: o inicio da minha história!!!!

  1. Laiara que história de vida de força e coragem!
    Que o Pai Celestial sempre esteja presente em sua vida e quem sabe num futuro próximo te abençõe novamente com um lindo bebê.
    Que tudo de certo com a SIC. estou na torcida.
    Um beijo
    Silvia, mãe do João Pedro
    do blog: joão pedro e o diabetes

  2. As vezes fico muito deprimida, alias tomo anti-depressivos por causa de não aceitar muito bem a diabetes, mas vendo td isso fico te com vergonha.

    • Carmelia,
      não tenha vergonha! Procure ver o que a diabetes pode melhorar a sua vida: aceitar as limitações do nosso corpo é o primeiro passo. Não digo que é fácil não, mas todas as pessoas teem problemas, limitações na vida!
      Vi uma frase em um blog de outra diabética que dizia assim: ” A diabetes é uma doença cronica que requer cuidados até a morte, porém não se apoquente pois a vida também é uma doença cronica que requer cuidados até a morte!” Um brade beijo!

  3. Laikita,

    Fico realmente muito feliz de ter vc por perto!!!! Tenho certeza que por mais que a vida nos faça vivenciar dores insuportáveis e momentos trágicos, sempre existirá a luz que nos guiará pela felicidade plena. Vc sabe o quanto eu me emociono quando leio estas palavras. Desejamos Duda e Cília juntas!!! Pra mim é muito sofrido tudo tb, e mais ainda de nao ter estado tao presente com vc naquele momento. Mas sabe uma coisa que me fazia ficar mais calma com tudo isso??? Saber que vc estava cheia de saúde! Agora depois de muitas lágrimas que já passaram e algumas que ainda virão por lembrar de tudo, vc está aqui pra seguir em frente!!!! Te amo muito! Vc é muuito linda!!!!
    Camil´s

    • Minha amiga!!!
      com certeza….saber que eu estou cheia de saúde e cheia de esperança para recomeçar tudo novamente enche meu coração de alegria!! Claro que a lembranças das nossas conversas, duvidas, ansiedades..TUDO esta guardado no meu coração para sempre! E essa força que muitas vezes me pergunto de onde vem, tenho a certeza que são das pessoas amadas que nos rodeia, que estão presente e nossas vidas que torcem por nós como você! Sei que escrever tudo isso aqui é uma exposição que não tem tamanho, mas a necessidade de ajudar o próximo me fez apostar nesse blog!!! Sinto você muito presente…não se preocupe com a presença física, pois essa é apenas um detalhe(rsrsrs) Te amo muitão mesmo!!! beijocassss

  4. Olá! Descobri hoje por acaso ( que talvez não seja tão acaso rs) seu blog, li todos seus posts no qual pude descobrir algumas novas informações que com certeza me foram muito uteis, sem contar que ler a sua experiencia de vida me deu um animo a mais a manter minha glicemia nos níveis corretos.
    Descobri que era diabética em 2007, 3 meses após minha amada filha Ana Luísa vir ao mundo, eu era muito jovem (17 anos) e tive uma gravidez muitíssima conturbada, cheia de muito sofrimento, não pelo fato de estar esperando um bebê, mas sim por todas as ocorrências durante essa espera. A única coisa que me dava força era minha amada mãe, que sempre esteve ao meu lado me dando forças. Fiz todo o acompanhamento durante a gravidez, exames, e sempre tudo normal até 2 meses após ter recebido minha princesa, no terceiro mês comecei passar muito mal, não tinha vontade de comer, estômago enjoado ao extremo, fraqueza excessiva ao ponto de não conseguir me levantar da cama, ia a médicos e ninguém encontrava o meu diagnóstico, como sentia o estômago muito enjoado e minha mãe acabara de terminar um tratamento no estômago ela me levou a um gastro, fiz alguns exames, e veio o diagnóstico, a partir daquele momento me tornará uma diabética, foi uma revolta gigantesca na minha vida, preferia morrer a ter q usar insulina todos os dias, a fazer dieta, cheguei a fazer tratamento psicológico para aceitar esse novo fato na minha vida, mas enfim acabei me acostumando, existe dias q ainda me revolto as vezes, mas faz parte, a rotina que a diabetes nos impõe é q causa a maior revolta.
    Tenho muita dificuldade em manter o nível ideal, já houve épocas que estava perfeito para minha glicemia a rotina que eu tinha, porém as necessidades da vida muda, emprego muda, hoje minha rotina mudou e novamente estou tentando me adequar em uma nova rotina, porém está sendo difícil, já faz 4 meses e não encontro um meio adequado. Trabalho das 8 as 5 em um dia super corrido, demoro 1 hr na viajem de casa até o emprego, chego correndo do trabalho e já vou direto pra faculdade, não tendo tempo de me alimentar corretamente, sem contar que não encontro tempo pra praticar atividades física.
    Me identifiquei no seu relato da insulina que o governo disponibiliza, pois acho que meu problema está ai, eu as uso, a nph e regular. Tenho tido picos de hipoglicemia constantes, e se diminuo a dose de insulina acabo ficando com a glicemia alta, tem sido um dilema pra mim.
    Me identifiquei também no medo que vc sentiu de usar a bomba de insulina, já li muito a respeito, porém tenho esse receio de ter que ficar com ela acoplada no corpo direto, tenho muitas dúvidas, achei muito legal a sua iniciativa do blog, ler experiencia vividas por outras pessoas que passam pelo mesmo problema que a gente é muito bom, dá um animo a mais de querermos lutar, tento me espelhar em pessoas que são bem sucedidas nessa luta diária que é o diabetes, com certeza a partir de hoje você é um espelho para que eu consiga viver bem com isso, sem seus eventuais transtornos.
    Gostaria que saber como é seu dia a dia com a bomba, como é dormir com ela, tomar banho, se vestir com um vestigo ou uma roupa q marca mais, essa peculiaridades que fazer parto do nosso dia.
    Gostei muito do seu blog, continue com ele, você está de parabéns! Com certeza aqui serei visita constante, rs.

    Beijo! Até mais!

  5. Laiara querida, tem muito tempo que não nos encontramos (Te conheci na casa de Tânia Porto), não sabia de nada disso. Sabe, ao ler o seu relato lembrei de tudo o que ocorreu comigo, pois perdi o meu primeiro filho no sexto mês de gestação por conta do diabetes, mas Deus me presenteou com outro filho, lindo/forte e sem diabetes (tinha receio que ele nascesse com o problema). Faço controle com injeções fracionadas de Lantus e Humalog. Este mês completo 36 anos com diabetes, e graças a Deus estou forte…sou guerreira! Ah… meu filho está para completar 30 anos, é feliz e muito saudável. Sorrisos Doces, Franci (Francilene)

    • Francilene querida!!!

      que coincidência hein?! Eu também não sabia que você era diabética tipo 1. Coisas da vida não é?! Depois de ter perdido minha filha resolvi escrever esse blog e passar um pouco de informação, pois para muita gente como eu, não tinha a informação com clareza…mas enfim…tudo que nos acontece é para melhorarmos. Eu usava a NPH e a Humalog…Hoje estou usando a bomba de insulina e estou adorandoo!! Que bom saber que posso compartilhar e aprender com você também! Meu coração esta cheio de esperança para recomeçar tudo novamente…tenho certeza que Deus vai nos presentear sim!
      Espero ajudar as pessoas. Divulgue esse blog se possivel tá?!

      Se quiser postar algo ou contribuir com o blog fique à vontade!!!

      Grande beijo e adorei te ver por aqui!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s